Queda do Gugu Liberato – dicas de segurança para o seu lar

Imagem reprodução site Veja

Segundo alguns Jornais o apresentador Gugu Liberato de 60 anos sofreu um grave acidente doméstico na tarde de Quinta-feira (21). Gugu caiu de uma altura de quatro metros e chocou a cabeça na quina de um móvel, em sua casa em Orlando na Flórida. A assessoria de Gugu emitiu um comunicado oficial na noite de sexta-feira informando que ele estava vivo e sendo tratado na UTI do hospital onde seus familiares se encontravam na torcida para a melhoria do apresentador, entretanto Gugu não apresentou melhoras e veio a óbito, A morte do apresentador foi confirmada na sexta-feira(22) às 21h06, horário de Brasília, pela sua assessoria de imprensa, com uma nota assinada pela família.
Este ocorrido nos faz refletir sobre a questão da segurança domiciliar ou em ambiente de trabalho devemos nos manter em estado de alerta e tomar cuidado, sempre tomando providências para que acidentes sejam evitados com a prevenção correta. É extremamente importante se atentar para estas dicas, conforme sugere o Major Rômulo Sales em seu instagram.
Abaixo seguem algumas dicas que ajudará você a se precaver de futuros acidentes:

1• Os tapetes devem ser retirados, em casos de necessidade de usá-los, deverão ser antiderrapantes.
Os tapetes antiderrapantes servem para garantir a segurança de um determinado local que possui grande tráfego de pessoas, o seu uso pode evitar escorregões e quedas em locais que possuem piso bastante liso. No entanto, existem alguns lugares que não é possível utilizar os tapetes, mas você pode optar por fitas antiderrapantes para garantir a segurança do local. As fitas podem ser utilizadas em escadas, em pisos lisos inclinados para evitar pequenos acidentes Mas para utilizá-las corretamente é necessário observar bem onde devem ser colocadas, para garantir a sua segurança e a de quem passar pelo local.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

2• Calçadas altas, corredores e escadas deverão ter corrimões.
Calçadas altas geram grandes riscos, uma calçada com escadas, buracos, torna impossível de transitar. Para pessoas de mobilidade reduzida se torna algo péssimo, as calçadas precisam estar todas em um padrão, com segurança para os pedestres poderem transitar. Escadas e corredores também possuem grande risco de acontecerem pequenos e grandes acidentes, por isso deve ser utilizado os corrimões neles. A queda em escadas e rampas podem levar a ferimentos graves, como fraturas e torções que podem ser evitadas com o uso do corrimão para escadas.

3• No local de banho, vaso sanitário e outros locais com risco de escorregão devem ser colocadas barras de apoio;
São peças que auxiliam as pessoas para suas necessidades ao usarem o banheiro. Elas contribuem com a segurança e o conforto das pessoas no momento de utilizar o vaso sanitário, na hora do banho ou nos demais usos do banheiro, ajudando a ter segurança para evitar acidentes.

4• Os batentes devem ser evitados (retirados), e a casa muito bem iluminada.
Uma casa bem iluminada ajuda com varias prevenções de acidentes, principalmente a noite quando se não possui mais a luz do Sol. Algumas adaptações simples podem evitar acidentes com adultos e crianças. Quando há crianças em casa é claro que os pais ou responsáveis devem sempre estar sempre atentos, mas, como pequenas distrações acontecem, o melhor é preparar a residência para evitar acidentes.

5. Trabalho em telhados, cavaletes e escadas exigem conhecimento e destreza na execução.
Trabalhos em altura podem ser muito perigosos. Mas quando realizados da forma correta, com equipamentos de segurança e por um profissional, grandes acidentes podem ser evitados. Ao subir ou descer de um telhado por exemplo, é importante tomar medidas preventivas para não ocorrer risco de queda. Quem trabalha em altura deve ter treinamento, experiência comprovada e jamais realizá-lo sozinho.
Com estes cinco passos simples, pode tornar seu lar mais seguro, trazendo proteção a você e para quem você ama.

Iniciar conversa
1
Olá! Tudo bem.
Caso precise, chama a gente aqui.